júri
Etienne Mortini


Etienne Mortini é realizador e cenógrafo.
Diplomado na Université de Paris III Sorbonne e no Conservatoire Libre du Cinéma Français (Paris) onde lecionou, bem como no HEC-Entrepreneurs onde é mestre de conferências.
Escreveu e realizou numerosas curtas-metragens e filmes institucionais.
Trabalhou como “script-doctor” e como realizador de uma coleção de séries para a France Televisions e para a M6.
Contribuiu para o desenvolvimento internacional do Festival Cinérail onde é delegado geral desde 1998.
Evgen Bavcar


Evgen Bavcar nasceu em Lokavec, na Eslovénia, em 1946. é cego desde os 11 anos. Formou-se em filosofia na Sorbone, em França, em 1975, e desde então tem trabalhado no Centre National de la Recherche Scientifique. Bavcar tem tido o seu trabalho fotográfico exibido em todo o mundo, escreveu meia dúzia de livros, é professor e foi também orador convidado, em diversas conferências por toda a Europa e América do Sul.
Lauro António


Licenciado em História, pela Faculdade de Letras de Lisboa.
Realizador de cinema e de televisão com presença em centenas de Festivais. Ganhou diversos prémios, nacionais e internacionais. é crítico e ensaísta de cinema e director de diversas publicações de cinema e vídeo.
Tem exercido regularmente a crítica cinematográfica em numerosas publicações. é autor de vários programas de cinema na rádio, autor e encenador de teatro e dirigente cineclubista. Foi director de programação de diversas salas e Festivais de Cinema e membro de Júri de diversos Festivais de Cinema, em Portugal e no Estrangeiro.
Professor adjunto no Curso de Tecnologias de Comunicação Audiovisual, do Instituto Politécnico do Porto. Professor de cinema e audiovisual: IADE, ISCEM, Universidade Nova, Cine Forum do Funchal, Universidade Moderna, etc.
Organiza, desde 2010, as sessões: Invicta Filmes, na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto. Foi conselheiro da TVI para a área do cinema e autor e apresentador do programa “Lauro António Apresenta…”. Presentemente é também autor de vários blogues, entre os quais “Lauro António Apresenta”.
Luís Gustavo Martins


Luís Gustavo Martins é Professor Assistente e Diretor do Departamento de Som e Imagem da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa (UCP). é Vice-Diretor do Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR), Porto, Portugal.
Doutorou-se em Engenharia Electrotécnica e de Computadores na Universidade do Porto, Portugal, em 2009, com uma tese sobre o tema da segregação de som em sinais de música.
A sua pesquisa está voltada principalmente para a análise de conteúdo de áudio, processamento de som e síntese, e os seus interesses de pesquisa incluem processamento de sinais, aprendizagem de máquina, percepção e cognição, recuperação de informação musical (MIR) e desenvolvimento de software. Mais recentemente, tem vindo a explorar o uso de interfaces tangíveis e multitouch para o som e música de exploração e interação.
Ele é o Investigador Principal (PI) do Projeto de Pesquisa “A Computational Framework for Sound Segregation in Music Signals”, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). é colaborador ativo do software de processamento de áudio Marsyas.
Tomé Saldanha Quadros


Em 2003, Tomé Saldanha Quadros, natural do Porto, licenciou-se em Som e Imagem pela Escola das Artes – Católica Porto. Em 2010, obteve o grau de Mestre em Som e Imagem, Especialização em Televisão e Argumento, pela Escola das Artes – Católica Porto, com a dissertação de mestrado intitulada “Macau Music Box. O Eu e o Outro no Filme Documentário: uma possibilidade de encontro entre Oriente e Ocidente”.
Desde 2004, Tomé Quadros reside e desenvolve a sua actividade académica e profissional na Região Administrativa Especial de Macau, República Popular da China, onde é professor assistente e responsável pela implementação de projectos multimédia na Universidade de São José (USJ). é co-fundador do canal online de televisão da USJ.
Desde 2011, é doutorando em Ciência e Tecnologia das Artes, Especialização em Cinema e Audiovisuais, com o tema “O Caminho do Novo Cinema Chinês nas Décadas de 1980 a 2010”, pela Escola das Artes – Católica Porto. Durante o ano de 2011, colaborou de forma periódica no suplemento de fim de semana do jornal diário, Macau Daily Times, com a crónica sobre cinema “39 Steps”.
novidades
Premiados do 10º Festival Audiovisual Black & White
---
Confira as obras selecionadas para a competição de 2013.
---
Concurso de Arte Interactiva iNTERFACES: data limite para a participação a 31 de Março 2013.
---





Black&White 2013 | 10o Festival Audiovisual | Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa | b&w@porto.ucp.pt | tel. (+351) 22 619 62 51 / (+351) 22 619 62 75